Galeria

Partideiros em destaque na roda do Coletivo Sindicato do Samba

No dia 11 de janeiro, o Coletivo Sindicato do Samba fez sua estreia no ano de 2020 em uma noite de muita festa ao lado das rapaziadas do Samba do Bilhetinho e do Samba das Estações.

Tudo ficou ainda mais especial com as participações de Tantinho da Mangueira, Marquinho China e Márcia Duarte. 🙂

Confira algumas fotos de Marcos Brailko.

 

 

Coletivo se une ao Dia Nacional do Samba na Glória

Primeira edição do Dia Nacional do Samba na Glória integra ações de todo Brasil e reúne movimentos do bairro carioca que lutam pela valorização do samba e da cultura popular.

No dia 2 de dezembro é celebrado o Dia Nacional do Samba e os moradores e amigos do bairro da Glória resolveram entrar na corrente.

Assim, as três maiores rodas de samba do bairro toparam se reunir para uma grande festa na famosa e tradicional Feira Popular da Glória.

Gloriosa Roda de Samba, Sambastião e Pagode do Time de Crioulo se juntaram para dar continuidade ao projeto de vitalização e ocupação do bairro, sempre com cultura, lazer, educação e muita alegria.

O Coletivo Sindicato do Samba, que teve sua primeira sede no bairro da Glória, também participa do movimento.

A Glória e o Samba

Importante reduto cultural da cidade do Rio de Janeiro, o bairro da Glória tem em sua história muito personagem bamba e movimentos de samba. Nomes como Jackson do Pandeiro, Wilson das Neves, Ataulfo Alves e Mario Lago foram algumas das figuras que marcaram a região.

E tem mais! Paulão 7 Cordas, Moacir Luz, Toninho Gerais estão até hoje presentes nos encontros e, ainda, não podemos esquecer de Edson Cortes, Lula Matos e Anderson Baiaco, precursores da ideia da primeira roda de samba no bairro, em 2003 junto a Associação de Moradores e Amigos da Glória.

Com objetivo de valorizar esse patrimônio cultural e dar continuidade a essa historia, vamos celebrar o Dia Nacional do Samba com as principais rodas da Glória.

O evento conta com o apoio da Associação de Moradores e Amigos da Glória, do Coletivo Sindicato do Samba e da Rede Carioca de Rodas de Samba.


Dia Nacional do Samba na Glória
Roda de samba com a Gloriosa, Sambastião e Time de Crioulo
2 de dezembro | domingo | 15 horas
Entrada Gratuita
Feira Popular da Glória (Av. Augusto Severo, s/n – Glória – RJ)

Apoio Cultural:
Associação de Moradores e Amigos da Glória
Coletivo Sindicato do Samba
Rede Carioca de Rodas de Samba

Encontro de Bambas reúne Aluísio Machado e Geovana no Baródromo

Coletivo Sindicato do Samba estreia “Encontro de Bambas”, projeto que reunirá compositores e sambistas, baluartes da cultura popular, em eventos no Baródromo, reduto do samba na Lapa. A primeira roda será no sábado do dia 29 de setembro e contará com as participações especiais de Aluísio Machado e Geovana.

No sábado do dia 29 de setembro já tá e você tá junto com a gente! 😉

O Coletivo Sindicato do Samba estreia temporada do “Encontro de Bambas”, projeto que irá reunir baluartes e mestres do samba no Baródromo, tradicional casa da Lapa, região central da cidade do Rio de Janeiro.

O evento marca a primeira roda do Coletivo no Quintal do Baródromo e contará com as participações especiais dos bambas Alúsio Machado e Geovana, autores de sucessos da história da música popular brasileira.

No repertório preparado: além de sambas consagrados e autoras, histórias do compositor Beto sem Braço, dos encontros no Teatro Opinião, além de homenagens a Wilson Moreira, Luiz Grande e Wilson Moreira, mestres do Sindicato que nos deixaram nos últimos anos.


Aluísio Machado

003679-aloisio-machado
Bamba Aluísio Machado é um dos convidados do Coletivo Sindicato do Samba.

Aos 79 anos, o compositor e cantor Aluísio Machado coleciona sucessos na carreira. É autor de sambas-enredo históricos da sua escola, o Império Serrano, sendo o principal vencedor na história da agremiação que é um das mais importantes da história do samba e que contou com a presença de bambas ilustres como Silas de Oliveira, Mano Décio da Viola e Dona Ivone Lara.

Aliás, Aluísio é um dos personagens e baluartes da Velha Guarda do Império. Parceiro de Beto sem Braço e Arlindo Cruz,  o sambista foi gravado por nomes como Roberto Ribeiro, Zeca Pagodinho e Martinho da Vila, em músicas consagradas como “Minha Filosofia”, “Humanidade” e “Efeitos da Evolução”.


Geovana

GeovanaIII_Mariana_Caldas_ColetivoSindicatodoSamba
Madrinha do Coletivo, Geovana será umas das participações especiais! (Foto: Mariana Caldas de Oliveira/Coletivo Sindicato do Samba)

Aos 70 anos, a compositora e cantora Geovana despontou no final da década de 1960, quando ganhou a Bienal de Música de São Paulo, com a música “Pisa nesse chão com força”.

A sambista, rainha do partido alto, conviveu com nomes como Elis Regina, João da Baiana e Pixinguinha e participou de movimentos importantes da história do país, como os encontros no Teatro Opinião.

Seus dois trabalhos solo fizeram sucesso absoluto e renderam a Geovana o rótulo de “Deusa Negra do Samba-Rock”, principalmente devido à beleza de canções como “Beijo Sabor Cerejeira” e “Quem tem carinho me leva”.


Coletivo Sindicato do Samba

Formado por músicos, jornalistas, produtores, pesquisadores e amantes da música popular brasileira de vários estados do Brasil, o Coletivo Sindicato do Samba luta pela valorização em vida dos mestres e mestras da nossa Cultura Popular, sobretudo, do gênero mais tradicional do país: o samba.

O movimento já acompanhou nomes como Wilson das Neves, Luiz Grande, Monarco, Nelson Rufino e Áurea Martins, e desenvolve projetos ao lado de bambas como Nelson Sargento, Tantinho da Mangueira e Edil Pacheco.  Além disso, o Coletivo auxilia na reestruturação do Centro Cultural Solar Wilson Moreira, importante local de resistência da nossa cultura, na cidade do Rio de Janeiro.


Encontro de Bambas no Quintal do Baródromo
Aluísio Machado e Geovana na roda do Coletivo Sindicato do Samba
29 de setembro | sábado | 12 horas
Entrada: R$ 10
Baródromo | Rua do Lavradio, 163 – Lapa – Rio de Janeiro (RJ)
Informações: osindicatodosamba@gmail.com