90 anos do Mauro Bolacha em noite de estreia

No dia 1/2, sábado, o Coletivo inicia, ao lado de Márcia Duarte, as homenagens pelos 90 anos do compositor Mauro Duarte, o querido Mauro Bolacha.

O Trapiche Gamboa será o palco da roda do Coletivo e Márcia Duarte que celebra a obra do compositor Mauro Duarte, bamba que celebraria 90 anos em 2020.

A roda também marca a estreia de Márcia como cantora! 🙂 E saiu até no Samba em Rede!

Mais informações na página do evento no Facebook. Confira aqui! 😉

 

Bloco Amigos do Wilson Alicate é a boa do Carnaval 2020

Fundado em 2011, Bloco Amigos do Wilson Alicate presta reverência ao grande mestre Wilson Moreira no carnaval carioca.

A roda do Bloco Amigos do Wilson Alicate acontece sempre no sábado de carnaval, que neste ano de 2020 cai no dia 22 de fevereiro. 🙂

Nosso encontro é sempre na Rua São Valentim, na altura do número 30, no bairro da Praça da Bandeira (é a rua pequenina que fica atrás do Centro Cultural Solar Wilson Moreira). A partir das 15 horas!

Claro, o Coletivo também tá nessa! Salve nosso mestre Wilson Moreira!

Chega junto e espalha geral! 😉 Vamos cantar muitas marchinhas, sambas-enredo e, evidentemente, sambas do querido Wilson Alicate! ❤

Mais informações no evento no Facebook. Clique aqui!

Galeria

Partideiros em destaque na roda do Coletivo Sindicato do Samba

No dia 11 de janeiro, o Coletivo Sindicato do Samba fez sua estreia no ano de 2020 em uma noite de muita festa ao lado das rapaziadas do Samba do Bilhetinho e do Samba das Estações.

Tudo ficou ainda mais especial com as participações de Tantinho da Mangueira, Marquinho China e Márcia Duarte. 🙂

Confira algumas fotos de Marcos Brailko.

 

 

Tia Maria do Jongo na festa de final de ano do Coletivo Sindicato do Samba

Retomando o projeto “Flores em Vida”, que presta homenagem e visita a obra de grandes mestres e mestras do samba e da nossa cultura popular, o Coletivo Sindicato do Samba recebe Tia Maria do Jongo para a última roda de 2018.

No dia 9 de dezembro, o Centro Cultural Solar Wilson Moreira será palco de um encontro especial e emocionante. Teremos a honra de receber a maioral, poderosa, maravilhosa, Tia Maria do Jongo na nossa roda roda do projeto Flores em Vida! É o nosso templo sagrado, o Centro Cultural Solar Wilson Moreira, abrindo, mais uma vez, suas portas para os baluartes da nossa cultura!

Daquele jeito, sempre com muita amizade e respeito! Ah! Para quem não conhece, nossa festa inicia a partir das 14 horas e tem entrada gratuita. Importante lembrar: há uma contribuição voluntária e consciente e nosso evento auxilia na reestruturação do Solar 😉

O cardápio será carinhosa e especialmente preparado pelo Santo Gengibre. Uma dica: pode vir com fome!

Chama quem é de bem e chega junto! Vamos compartilhar amor e nos divertir juntos! Sempre!
Axé!


No dia também teremos:

  • Comemoração dos aniversários de Rubem Confete e Toninho Nascimento.
  • Homenagem aos mestre do Coletivo: Wilson Moreira, Wilson das Neves e Luiz Grande.

Tia Maria do Jongo na roda do Coletivo Sindicato do Samba
9 de dezembro | domingo | a partir das 13 horas

Centro Cultural Solar Wilson Moreira
Rua Barão de Ubá, 46 – Praça da Bandeira (RJ)

Mais informações no evento no Facebook: http://bit.ly/TiaMariadoJongonoSolar

Encontro de Bambas reúne Aluísio Machado e Geovana no Baródromo

Coletivo Sindicato do Samba estreia “Encontro de Bambas”, projeto que reunirá compositores e sambistas, baluartes da cultura popular, em eventos no Baródromo, reduto do samba na Lapa. A primeira roda será no sábado do dia 29 de setembro e contará com as participações especiais de Aluísio Machado e Geovana.

No sábado do dia 29 de setembro já tá e você tá junto com a gente! 😉

O Coletivo Sindicato do Samba estreia temporada do “Encontro de Bambas”, projeto que irá reunir baluartes e mestres do samba no Baródromo, tradicional casa da Lapa, região central da cidade do Rio de Janeiro.

O evento marca a primeira roda do Coletivo no Quintal do Baródromo e contará com as participações especiais dos bambas Alúsio Machado e Geovana, autores de sucessos da história da música popular brasileira.

No repertório preparado: além de sambas consagrados e autoras, histórias do compositor Beto sem Braço, dos encontros no Teatro Opinião, além de homenagens a Wilson Moreira, Luiz Grande e Wilson Moreira, mestres do Sindicato que nos deixaram nos últimos anos.


Aluísio Machado

003679-aloisio-machado
Bamba Aluísio Machado é um dos convidados do Coletivo Sindicato do Samba.

Aos 79 anos, o compositor e cantor Aluísio Machado coleciona sucessos na carreira. É autor de sambas-enredo históricos da sua escola, o Império Serrano, sendo o principal vencedor na história da agremiação que é um das mais importantes da história do samba e que contou com a presença de bambas ilustres como Silas de Oliveira, Mano Décio da Viola e Dona Ivone Lara.

Aliás, Aluísio é um dos personagens e baluartes da Velha Guarda do Império. Parceiro de Beto sem Braço e Arlindo Cruz,  o sambista foi gravado por nomes como Roberto Ribeiro, Zeca Pagodinho e Martinho da Vila, em músicas consagradas como “Minha Filosofia”, “Humanidade” e “Efeitos da Evolução”.


Geovana

GeovanaIII_Mariana_Caldas_ColetivoSindicatodoSamba
Madrinha do Coletivo, Geovana será umas das participações especiais! (Foto: Mariana Caldas de Oliveira/Coletivo Sindicato do Samba)

Aos 70 anos, a compositora e cantora Geovana despontou no final da década de 1960, quando ganhou a Bienal de Música de São Paulo, com a música “Pisa nesse chão com força”.

A sambista, rainha do partido alto, conviveu com nomes como Elis Regina, João da Baiana e Pixinguinha e participou de movimentos importantes da história do país, como os encontros no Teatro Opinião.

Seus dois trabalhos solo fizeram sucesso absoluto e renderam a Geovana o rótulo de “Deusa Negra do Samba-Rock”, principalmente devido à beleza de canções como “Beijo Sabor Cerejeira” e “Quem tem carinho me leva”.


Coletivo Sindicato do Samba

Formado por músicos, jornalistas, produtores, pesquisadores e amantes da música popular brasileira de vários estados do Brasil, o Coletivo Sindicato do Samba luta pela valorização em vida dos mestres e mestras da nossa Cultura Popular, sobretudo, do gênero mais tradicional do país: o samba.

O movimento já acompanhou nomes como Wilson das Neves, Luiz Grande, Monarco, Nelson Rufino e Áurea Martins, e desenvolve projetos ao lado de bambas como Nelson Sargento, Tantinho da Mangueira e Edil Pacheco.  Além disso, o Coletivo auxilia na reestruturação do Centro Cultural Solar Wilson Moreira, importante local de resistência da nossa cultura, na cidade do Rio de Janeiro.


Encontro de Bambas no Quintal do Baródromo
Aluísio Machado e Geovana na roda do Coletivo Sindicato do Samba
29 de setembro | sábado | 12 horas
Entrada: R$ 10
Baródromo | Rua do Lavradio, 163 – Lapa – Rio de Janeiro (RJ)
Informações: osindicatodosamba@gmail.com

 

 

 

Flores em Vida: Geovana é a próxima convidada do Coletivo

Dando continuidade ao projeto “Flores em Vida”, que presta homenagem e visita a obra de grandes mestres e mestras do samba e da nossa cultura popular, o Coletivo Sindicato do Samba tem o prazer de receber a cantora e compositora Geovana na próxima roda, dia 30 de setembro.

Nosso templo sagrado, o tradicional Centro Cultural Solar Wilson Moreira, será palco de um encontro especial e histórico no domingo do dia 30 de setembro. E você, claro, vem com a gente.

Teremos a honra de receber a cantora e compositora, Geovana, sambista que regressa a sua cidade de origem (Rio de Janeiro) para uma agenda de apresentações organizadas pelo Coletivo Sindicato do Samba.

Daquele jeito, sempre com muita amizade e respeito: a partir das 13 horas e com entrada gratuita (há uma contribuição voluntária e consciente para a manutenção do projeto e espaço).

Vale lembrar que durante nosso evento temos um cardápio preparado carinhosa e especialmente pelo Santo Gengibre, além de rifas e prêmios que auxiliam no processo de reestruturação do Solar.


Geovana

Aos 70 anos, a compositora e cantora Geovana despontou no final da década de 1960, quando ganhou a Bienal de Música de São Paulo, com a música “Pisa nesse chão com força”.

A sambista conviveu com nomes como Elis Regina, João da Baiana e Pixinguinha e participou de movimentos importantes da história do país, como os encontros no Teatro Opinião.

Seus dois trabalhos solo fizeram sucesso absoluto e renderam a Geovana o rótulo de “A Deusa Negra do Samba Rock”, graças a beleza de canções como “Beijo Sabor Cerejeira” e “Quem tem Carinho me leva”.


Geovana na roda do Coletivo Sindicato do Samba | Pisa nesse chão com força, ô Sinhá
30 de Setembro | domingo | a partir das 13 horas

Centro Cultural Solar Wilson Moreira
Rua Barão de Ubá, 46 – Praça da Bandeira (RJ)
Entrada Gratuita

Mais informações e curiosidades sobre a Geovana no evento no Facebook 👉 http://bit.ly/GeovanaeColetivoSindicatodoSambanoSolar

 

 

Nelson Sargento inicia temporada de shows premiados no Rio

O show “Nelson Sargento comVida” é uma celebração da grandiosidade da obra e vitalidade do mestre Nelson Sargento, que em 2018 completou 94 primaveras.

O palco da Sala Municipal Baden Powell será a sala de um dos maiores baluartes da história do samba: Nelson Sargento.

Acompanhado pelo Coletivo Sindicato do Samba, Nelson estreia na quarta-feira do dia 5 de setembro a temporada do premiado projeto “Nelson Com Vida”.

O show conta com direção artística do próprio baluarte Nelson Sargento, que traz para cena sua experiência de 80 anos de dedicação ao samba, dentro e fora dos palcos do Brasil e do Mundo.

Idealizado pela Conexão Social Produções, o projeto acontecerá sempre nas primeiras quartas-feiras de cada mês, a partir de setembro de 2018. A cada edição, Nelson irá receber uma convidada ou convidado especial.

Os ingressos podem ser adquiridos aqui.


Nelson Sargento ComVida Anatasha Meckenna
5 de setembro * quarta-feira * 19h30
Sala Municipal Baden Powell – Av. Nossa Sra. de Copacabana, 360 – Copacabana, Rio de Janeiro | Telefone: (21) 2547-9147

Ingressos: https://goo.gl/SRVpEJ

Tantinho da Mangueira celebra aniversário com show em setembro

Baluarte da Estação Primeira de Mangueira, o sambista apresenta, ao lado do Coletivo Sindicato do Samba, o show “No Meu Tempo”, no dia 16 de setembro, domingo, na Sala Municipal Baden Powell, no Rio de Janeiro.

Em um passeio pela vida musical do grande sambista, compositor e partideiro, o show “Tantinho da Mangueira – No meu Tempo – Show de Aniversário” traz histórias e músicas do próprio Tantinho e também de grandes compositores da agremiação verde e rosa, como Cartola, Geraldo Pereira, Nelson Cavaquinho, Xangô da Mangueira, José Ramos, dentre muitos outros.

Nomes e personagens com os quais Tantinho conviveu e dos quais guarda lembranças, como os muitos sambas inéditos de Padeirinho da Mangueira. Aliás, no decorrer do apresentação, que acontece no dia 16 de setembro, Tantinho irá cantar algum desses sambas, além de falar sobrea sua convivência com esses grandes ícones da música brasileira.

O espetáculo trará uma homenagem à Dona Neuma, figura fundamental na infância do Tantinho e de muitas crianças no morro da Mangueira, e será dividido em blocos, mostrando a relação de Tantinho com: o samba, o partido alto e a Mangueira.

Apresentação acontece no dia 16 de setembro, domingo, na Sala Municipal Baden Powell

Tantinho sobe ao palco com o auxílio luxuoso do conjunto formado pelo Coletivo Sindicato do Samba, que conduz a direção musical ao lado do bamba mangueirense. A produção executiva fica sob responsabilidade de Ronaldo Mattos e a coordenação de produção a cargo de Lívea Mattos, com idealização da Conexão Social Produções.

Os ingressos são limitados! Garanta já o seu! 😉


Tantinho da Mangueria – No meu Tempo
Show de Aniversário com Coletivo Sindicato do Samba
16 de setembro * domingo * 19 horas
Sala Municipal Baden Powell | Av. Nossa Sra. de Copacabana, 360 – Copacabana, Rio de Janeiro – Telefone: (21) 2547-9147
Duração aproximada de 1h20min.
Classificação Livre.

Ingressos: http://bit.ly/IngressosTantinhoNoMeuTempo

Sambista de fato, rebelde por direito: Aluísio Machado no Solar

Ganhador de 13 sambas-enredo no Império Serrano, baluarte é o compositor homenageado na roda do dia 26 de agosto, no Centro Cultural Solar Wilson Moreira, no Rio de Janeiro.

Não tem nem que falar que para nós do Coletivo Sindicato do Samba é uma honra e alegria gigante receber um dos grandes bambas do Samba e do Império Serrano em nossa roda, né?

Pois é, bom demais! Já anota na agenda: no domingo do dia 26 de agosto, dando continuidade ao projeto Flores em Vida, que acontece mensalmente no Centro Cultural Solar Wilson Moreira, iremos receber o baluarte Aluísio Machado.

Para quem ainda não sabe, não custa nada lembrar: o evento ajuda no processo de reestruturação do Solar Wilson Moreira e por aqui já passaram nomes incríveis da música brasileira como Nelson Sargento, Wilson Moreira, Edil Pacheco, Adelzon Alves e muitos outros.

Chama quem é de bem e chega junto, afinal, somos sambistas de fato e rebeldes por direito!

Aluísio Machado

Aos 79 anos, o bamba Aluísio Machado é um dos grandes baluartes do samba e do Império Serrano, uma das mais importantes escolas de samba do Rio de Janeiro.

É autor de sambas consagrados como “Minha Filosofia” e “A Humanidade”, além de já ter vencido 13 disputadas de samba-enredo na agremiação imperial. No domingo cantaremos seus sambas e ouviremos suas histórias! Abaixo, alguns dos seus sambas! 😉

Duas parcerias clássicas com o lendário Beto sem Braço

*** *** ***

Aluísio Machado na roda do Coletivo Sindicato do Samba
26 de Agosto | domingo | a partir das 13 horas

Centro Cultural Solar Wilson Moreira
Rua Barão de Ubá, 46 – Praça da Bandeira (RJ)
Evento no Facebook (confirme presença e convide os amigos e amigas)

Entrada gratuita (contribuição voluntária e consciente no chapéu)

 

Nelson Rufino chega a São Paulo para ser o bamba homenageado

Compositor e cantor, uma das referências do samba da Bahia, Nelson Rufino é o convidado especial da roda do Coletivo Sindicato do Samba em conjunto com o Batalhão da Vagabundagem que acontece no sábado, do dia 11 de agosto, na Tamarineira, em São Paulo.

Autor de sucessos imortalizados no cancioneiro brasileiro como “Todo Menino é um Rei”, “Verdade” e “Cadê meu amor?”, Nelson Rufino vem diretamente da Bahia para a roda de samba do Batalhão da Vagabundagem e do Coletivo Sindicato do Samba, em São Paulo.

Anota na agenda: sábado, 11 de agosto, a partir das 14 horas.

(Quem quiser confirmar presença no evento no Facebook e ficar ligado(a), tá aqui ó: http://bit.ly/NelsonRufinoColetivoeBatalhão)

A festa acontecerá na Tamarineira, reduto do samba paulistano no bairro boêmio da Vila Madalena, zona oeste da cidade (Rua Horácio Lane, 213), e tem um valor de entrada sugerido de R$ 8,00 (oito reais).

Nelson Rufino

Natural da cidade de Salvador (BA), o compositor é uma das referências da vanguarda do samba baiano. Com mais de 50 anos de carreira, o sambista já teve suas músicas gravadas por artistas como Roberto Ribeiro, Alcione e Zeca Pagodinho e é de sua autoria canções consagradas como “Verdade”, “Todo Menino é um Rei” e “Cadê meu amor?”.

Coletivo Sindicato do Samba e Batalhão da Vagabundagem

Novamente juntas, as famílias do Batalhão da Vagabundagem – Oficial e do Coletivo Sindicato do Samba têm a honra maior de receber o bamba Nelson Rufino, que vem diretamente da Bahia para o nosso samba:

BATALHÃO DA VAGABUNDAGEM

O movimento reúne partideiros e partideiras de várias regiões da cidade de São Paulo em roda semanal que acontece todas às sextas-feiras no centro de São Paulo (aqui um vídeo bem legal do Batalhão).

COLETIVO SINDICATO DO SAMBA

O Coletivo reúne pesquisadores(as), músicos, produtores (as) e agitadores (as) culturais de vários estados do país que se uniram para promover “Flores em Vida” para compositores e compositoras da música popular brasileira (aqui um vídeo legal nosso, rs).

**** **** **** **** **** **** **** **** **** **** **** **** **** **** ****

SERVIÇO

Nelson Rufino é o convidado especial do Coletivo Sindicato do Samba e do Batalhão da Vagabundagem

Data: 11 de agosto | Sábado
Horário: 14 horas
Couvert Artístico: R$ 8,00 (Opcional)
Aceitamos todos os cartões de crédito e débito

Geovana e Coletivo se apresentam no quintal do Sesc Ipiranga

Foi um dia mágico e muito bonito, tarde incrível! Foi assim a apresentação da cantora e compositora Geovana ao lado do Coletivo Sindicato do Samba no feriado de 9 de julho, em São Paulo. Um agradecimento a todos e todas que chegaram junto! E também à toda equipe do Sesc, nota mil!

Nelson Sargento e Coletivo Sindicato do Samba em Niterói (RJ)

Em parceria com a Conexão Social – Produções, o Coletivo Sindicato do Samba se apresentou ao lado do baluarte Nelson Sargento nos dias 21 e 22 de abril, no Centro de Artes da Universidade Federal Fluminense, em Niterói (RJ). O show também contou com a participação especial de Edil Pacheco e Áurea Martins. Assista ao show!